Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A revista Acta Tecnológica é uma publicação da PRPGI/IFMA, com duas edições anuais e política de livre acesso ao seu conteúdo, reunindo artigos científicos originais e inéditos e contribuições teóricas amparadas por ampla pesquisa bibliográfica e de relevância científica, considerando contribuições interdisciplinares, com foco prioritário nas áreas de Ciências agrárias, Ciências Biológicas, Ciências sociais aplicadas, Biotecnologia, Ciências Ambientais, Ensino, materiais, Engenharias e Educação.

 

Políticas de Seção

Artigos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Cada artigo submetido é avaliado por dois avaliadores, membros do Conselho Editorial ou pareceristas ad hoc, de acordo com a política de avaliação cega, em que omite-se aos pareceristas as informações de identificação dos autores, garantindo-se uma avaliação neutra e isonômica das contribuições enviadas.

O período da etapa de avaliação pode durar de 4 a 8 semanas. O artigo poderá ser rejeitado, aceito, ou com correções obrigatórias. No caso de correções obrigatórias, após a correção realizada pelos autores o artigo será submetido a uma nova rodada de avaliações. Sendo aprovado, o artigo segue para a  fase de edição. 

 

Periodicidade

A revista publica edições semestrais, permitindo a disponibilidade de edições futuras  com os artigos que já estiverem prontos para publicação antes do prazo da sua periodicidade oficial.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Política Antiplágio

O/A(s) autor(es/as) devem assegurar que seu texto, dados e resultados expostos são originais e não foram copiados, inventados, distorcidos ou manipulados. O plágio, em todas as suas formas, o autoplágio, a publicação múltipla ou redundante, bem como a criação ou manipulação de dados são práticas fraudulentas.

Portanto, antes do envio à ACTA o/a(s) autor(es/as) devem:

  • Garantir a originalidade citando e referenciando suas fontes corretamente;
  • Não incluir pesquisadores que não participaram de forma ativa e substancial em todas as fases da pesquisa e da escrita do artigo. Neste sentido, o editor poderá solicitar explicações formais sobre a participação na produção do artigo dos autores que subscrevem o texto, cabendo ao editor decidir sobre a aceitação ou não da submissão da forma como a autoria foi informada;
  • Atender os critérios de autoria inédita do artigo;
  • Não omitir nenhum(a) do/a(s) pesquisador(es/as)  envolvido/a(s) na pesquisa da lista de autores;
  • Verificar se seu conteúdo apresenta plágio através de um programa antiplágio, tal como o CopySpider que pode ser utilizado gratuitamente.

Praticar plágio em todas as suas formas é um comportamento editorial antiético e inadmissível. Desta forma, os editores utilizarão programas antiplagio, sendo possível que os autores recebam eventuais questionamentos durante o processo de avaliação do trabalho submetido, referente às possíveis não conformidades apontadas pelos softwares utilizados.